categoria : Resistência
Comente (0)EnviariCalCompartilhar

terça-feira, 16 de outubro de 2018 (sem hora)

Encontro: Juristas e Estudantes em Defesa da Democracia

Vivemos em tempos sombrios.

Depois do severo golpe sofrido pela nossa democracia em 2016, o fantasma do autoritarismo volta a assombrar a nação brasileira. O candidato Jair Bolsonaro, que apoia abertamente a ditadura militar, defende a tortura enquanto método válido, prega o punitivismo e ridiculariza os direitos humanos lidera as pesquisas de intenção de voto para a presidência da república.

Nós, enquanto estudantes de direito, temos o dever de nos posicionar ao lado da democracia. Temos o dever de denunciar os abusos do judiciário, que encabeçou um julgamento parcial contra Lula e o tirou da disputa presidencial, e temos o dever de lutar contra candidaturas que flertam com o fascismo e o autoritarismo.

Bolsonaro representa valores que o Centro Acadêmico XI de Agosto repudia e contra os quais lutou durante toda a sua história. Enquanto deputado, votou a favor das reformas do governo Temer e da EC/95, que congela os gastos públicos por 20 anos, destruíndo o futuro de milhões de Brasileiros que sonham com serviços públicos de qualidade e com uma vida digna. Como se não fosse suficiente, deu diversas declarações preconceituosas, como a afirmação de que um espancamento faria com que uma criança homossexual se tornasse heterossexual, ou de que seu filho não se envolveria com uma mulher negra pois tinha sido "bem educado". Bolsonaro homenageou o torturador Carlos Alberto Brilhante Ustra em seu voto favorável ao golpe de 2016, figura notória da ditadura militar que torturou mulheres em frente a suas crianças.

Um candidato homofóbico, racista e machista, que relativiza os pilares básicos do Estado Democrático de Direito, não pode ser tratado com indiferença. Temos a obrigação de enfrentar esta ameaça de retrocesso com todas as nossas forças, honrando o legado daqueles que, assim como nós, foram estudantes em tempos difíceis e tiveram a coragem de lutar contra o regime militar.

Por isso, o Centro Acadêmico XI de Agosto gostaria de convidar todos e todas a comparecerem ao "Ato de Juristas e Estudantes em Defesa da Democracia", que ocorrerá na sala dos estudantes da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, às 19h do dia 16 de Outubro. Contaremos com a presença de professores, juristas e figuras públicas que, de maneira nobre, têm a audácia de se colocar do lado certo da história e denunciar os ataques e ameaças que a nossa democracia vem sofrendo.

Muitos dos que fizeram das universidades seu palco de lutas ao longo das décadas de 60 e 70 foram cruelmente torturados e mortos. Não permitiremos que outros tenham o mesmo destino e não permitiremos que sua luta tenha sido em vão!

Your Comments

Para mais informações sobre o evento, por favor entre em contato com o/as organizadora/es. Informações e comentários adicionados:

Your Comments

Seja o primeiro a comentar