Comente (0)Caronas EnviariCalCompartilhar

sábado, 26 de novembro de 2022 - 10h

Sarau Histórias [que] importam...

Descrição

Mas o que é um SARAU?
"Sarau é uma reunião, normalmente noturna, que tem como objetivo compartilhar experiências culturais e promover o convívio social. Alguns estudiosos acreditam que se trata de um galicismo moderno derivado do francês soirée (reunião noturna), mas não é esse o caso. Embora ambas as palavras tenham raiz no latim serotinus (tardio, pela tarde), a origem reside no galego serao (anoitecer) e no catalão sarau, baile noturno popular de que já havia registo em 1537 (Revista Superinteressante)"
Fazer e contemplar a arte é uma forma divina de estar no mundo, o amor pela vida, enquanto narrativa que contém em si mesma a beleza, o elemento que "dá sentido às coisas, que deixa grande, dilata e assombra com o seu poder de encantamento" (Pe. Fábio de Melo) - (fonte: https://medium.com/@jornaldoprofessor.adufg/s…)
E neste mês seremos inspirados pelas "Histórias [que] importam...", relatadas durante este delicioso encontro - onde compartilharemos experiências, promovendo a integração e inclusão social e cultural.
E a proposta de uma mesa para o Brunch Comunitário - quando todos poderão contribuir com bebidas não alcoólicas, frutas, doces, salgados... e confraternizar, compartilhando saberes & sabores - será muito bem-vinda!
E não se esqueça de trazer uma canga ou esteira, para poder degustar tudo isso ao ar livre, no nosso gramado...

Programação

10h
Café de Boas-Vindas
Abertura - Helena Quintana Minchin

10h30
CONVERSA COM... Assucena Tupiassú

11h
CONVERSA COM... Dill Magno

11h30
CONVERSA COM... Maneco Magnesio Guimarães

12h
CONVERSA COM... André Oliveira

12h30
CONVERSA COM... Thiago Ribeiro

13h
BRUNCH COMUNITÁRIO
Uma pausa, onde todos os presentes poderão contribuir trazendo bebidas não alcoólicas, frutas, doces, salgados... e confraternizar, compartilhando saberes & sabores!

14h
KBELA (2015, 22 min)
Curta-metragem de Yasmin Thayná

15h
RODA DE CONVERSA: "Histórias [que] Importam..."
Mediadora: Helena Quintana Minchin
Convidados: Alyne Gonçalvez, André Luiz Moura de Alcântara, André Oliveira, Edson Santana do Carmo, Fernando Barbosa, José Nilton Dantas da Silva, Leonardo Nunes Dantas da Silva (Instituto Padre Chico), Helenice Maria Laboissiere, Maneco Magnesio Guimarães, Marcelo Guimarães, Marly do Carmo, Thiago Ribeiro e público presente!

17h
Encerramento: Helena Quintana Minchin

Convidados

ALYNE GONÇALVEZ
34 anos.
É membro do Conselho de Promoção da Igualdade Racial de Carapicuíba, idealizadora do Coletivo T21 Mães de Luta, Co-Fundadora do Instituto InvisibiliDOWN.

ANDRÉ LUIZ MOURA
Sociólogo e Educador ambiental, técnico da UMAPAZ, cientista social pela FFLCH-USP e Especializações em Educação Ambiental pela Faculdade de Saúde Pública-USP e Gestão Ambiental pela Faculdade de Engenharia Mecânica -UNICAMP.

ANDRÉ OLIVEIRA
São Paulo, 1991.
É Fotógrafo há 11 anos. Há 9 anos se dedica ao ensino e a seu trabalho autoral de Fotografia de Rua.

ASSUCENA TUPIASSÚ
Bióloga e Empreendedora Social. Bióloga com especialização em Saúde Pública; Gestão Ambiental; Ecologia, Arte e Sustentabilidade e Design For Sustainability - Gaia Education. Professora de Jardinagem e Paisagismo, com ênfase no uso da jardinagem como ferramenta terapêutica e instrumento fundamental na educação; Consultora em Paisagismo Sustentável; Autora do Livro "Da planta ao jardim" ed. Nobel e ed. Kindle.

DILL MAGNO
Ator, Pedagogo, poeta e escritor, atua a mais de 15 como Arte Educador em diversos, programas, projetos e ONGs com crianças e adolescentes, jovens e adultos numa perspectiva de arte-socio-educação. É autor do livro para crianças "Espicha, a Lagartixa, e os Cabelos de Isabela".

EDSON SANTANA DO CARMO
Consultor em Estratégia, Gestão de Negócios e Sustentabilidade, Memorialista e Pesquisador.
Presidente da Associação do Combatentes de 1932 de Santos; Diretor Executivo do Instituto Histórico e Geográfico de Praia Grande; Diretor Secretário do Instituto Histórico e Geográfico de São Vicente; Membro Correspondente nos Institutos Históricos e Geográfico de São Paulo.

FERNANDO BARBOSA
Itajubaquara, BA.
Radicado em São Paulo, estudou Desenho Artístico e Publicitário na Associação Paulista de Belas-Artes (SP), em 1988 e 1989. Foi diversas vezes premiado em várias exposições coletivas e individuais, recebendo, como mérito de seu valioso trabalho, medalhas de ouro, prata e bronze. Recebeu o Prêmio Artista do Ano, com certificados de participações em salões oficiais na cidade de São Paulo e em outros estados e países. Sua experiência com a pintura partiu da sua infância, o que lhe permite dominar com precisão o traço acadêmico e a leveza do abstrato. É difícil identificar um único estilo ou movimento artístico predominante no conjunto das obras de Fernando, nem a separação dos estilos por épocas. Há muitos "artistas" em Fernando. Como ele mesmo diz: "Quero ter asas para voar dentro da arte". Atualmente, Fernando Barbosa administra o Espaço de Artes FBarbosa, situado no bairro do Jardim São Paulo (Zona Norte). (fonte: Fernando Barbosa).
Em 2022 expôs na Mostra UMAPAZ, apresentando trabalhos produzidos durante a pandemia COVID-19, utilizando materiais de reuso e madeira de demolição.

HELENA QUINTANA MINCHIN
Arquiteta Urbanista, formada pela FAU Santos. Fotógrafa amadora, possui trabalhos publicados em sites, livros e revistas e participação em exposições coletivas. Iniciou sua trajetória profissional na Prefeitura de São Paulo em 2007 e desde 2015 compõe o quadro técnico da Escola Municipal de Jardinagem / UMAPAZ, ministrando aulas no curso Recursos Paisagísticos, além de criar e coordenar diversos projetos. Atualmente é também responsável pela Mostra UMAPAZ e pelos Saraus realizados mensalmente.

HELENICE MARIA LABOISSIERE
Novo Horizonte, 1953.
Nascida Helenice Maria Vieira, numa família de violeiros raiz: Vieira e Vieirinha, Liu e Léo, Zico e Zeca. É filha de Antonio Paulino Vieira - criador da Viola Xadrez, em 1946 - e Benedita Carvalho Vieira. Professora aposentada, possui Licenciatura Plena em Educação Artística e Pedagogia com Habilitação em Administração Escolar, Supervisão Escolar e Orientação Pedagógica (UNG, 1998), Graduação e Habilitação em Artes Plásticas (UNIMAR, 1989). Amante das Artes em geral - principalmente pintura, jardinagem e paisagismo - possui vários cursos em seu currículo. E tem como projeto contar a história da Família Vieira e a Viola Xadrez, através da pintura em telas e livro.

MANECO MAGNESIO GUIMARÃES
Manaus, 1974.
Em 1997 graduou-se em Desenho e Plástica na UFBA. Desde 2003 vive e trabalha em São Paulo. Em 2013 Inicia projeto de Fotografia de Rua/Urbana. Cursa Fotografia com Marcello Vitorino no MAM-SP em 2015. Suas imagens fazem parte do catálogo online da Blombô Artes Visuais, Front Files Imagens Editorais e da Foto em Casa Fine Art. Participa em diversas Mostras e Festivais de Fotografia e ministra Palestras e Aulas. No Festival Paraty em Foco 2019 e 2020 foi pré-selecionado na categoria Foto Única. Sua série "Vida Que Segue" - com o tema da pandemia de COVID-19 - também foi selecionada no PEF em 2020, na categoria Ensaio/Portfólio e, posteriormente, exposta na Mostra UMAPAZ 2022.

MARCELO RODRIGUES GUIMARÃES
Psicólogo e Psicanalista. Especialista em Psicologia Clínica pelo CRP/SP. Idealizador dos projetos Cabeça de Homem e Sarau ContAção.

MARLY DO CARMO
62 anos.
Formada em Administração de Empresas e Psicoterapia (Universidade Federal do Ceará). Começou a trabalhar aos 11 anos de idade, como babá. Depois numa empresa de embalagem e, ainda jovem, em cozinha industrial. Trabalhou com serviços gerais e Arquivista num escritório de Advocacia. Sua trajetória na Prefeitura de São Paulo se iniciou em 2003, como Professora de Educação Infantil. Participou de Projetos de Combate à Violência (2005 - 2013), com famílias em situação de risco iminente, numa parceria com a URB-AL, "programa da Comissão Européia de Intercâmbio entre cidades da União Européia e da América Latina". Atuou na Secretaria do Verde e Meio Ambiente desde 2013 até a sua aposentadoria, em 2022.

THIAGO RIBEIRO
39 anos.
Tradutor, fotógrafo, pesquisador, ativista pelos direitos humanos. Também é Embaixador do Instituto Jô Clemente (Antiga APAE de SP), membro do Comitê de Comunicação e Eventos da Diretoria de Comunicação da Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down e idealizador do Projeto Expográfico "InvisibiliDOWN - Ensaios sobre o Racismo e a síndrome de Down, premiado como um dos 50 melhores projetos de fotografia documental da América Latina 2022 pela Latin American Photography Foundation e fundador do Instituto InvisibiliDOWN. Líder RAPS (Rede de Ação Política pela Sustentabilidade) e membro do Comitê de Acompanhamento da Política de Cotas do município de São Paulo, nomeado por Decreto.

Coordenação e Facilitação

Helena Quintana Minchin

Sobre

Público: Pessoas interessadas.

Dias: 26/11/2022, sábado.

Horário: 10h às 18h.

Local: UMAPAZ, Av. Quarto Centenário, 1268 - Jardim Luzitania, São Paulo - SP, 04030-000.

Não é necessário realizar inscrição.